Marcadores

Buscar no Site

T


Talem te judico qualem te invenio –
(Pronúncia: tálem té iúdico cuálem te invênio.) Tal te julgo qual te acho.
Tantum devolutum quantum appelatum –
(Pronúncia: tántum devolútum cuântumapelátum.) Devolve-se (o conhecimento da causa) tanto quanto for apelado.
Tempus est optimus judex rerum omnium –
(Pronúncia: têmpus ést ópitimus iúdechis rérum ôminium.) O melhor juiz de todas as coisas é o tempo.
Tempus regit actum –
(Pronúncia: têmpus régit áquitum.) O tempo rege o ato.
Tentare non nocet –
(Pronúncia: tentáre non nótchet.) Tentar não faz mal.
Terminus a quo –
(Pronúncia: términus a cuó.) Termo a partir do qual.
Testamentum est mentis nostrae justa contestatio, in id sollemniter, ut post mortem nostram valeat –
(Pronúncia: testamêntum ést méntis nóstre iústa contestácio, in id solêminiter, út póst mórtem nóstram váleat.) Testamento é a manifestação justa da nossa mente, de modo solene, para que tenha valor depois da nossa morte.
Testibus non testimoniis fidem adhibere –
(Pronúncia: téstibus non testimôniis fídem adíbere.) Deve-se prestar fé às testemunhas, não aos testemunhos.
Testis unus, testis nullus –
(Pronúncia: téstis únus, téstis núlus.) Uma testemunha, testemunha nenhuma.
Tollitur quaestio –
(Pronúncia: tólitur quêstio.) Acabou-se a questão.
Totis viribus –
(Pronúncia: tótis víribus.) Com todas as forças.
Toto corde –
(Pronúncia: tóto córde.) De todo coração.
Tractus futuri temporis non pertinent ad judicium –
(Pronúncia: tráquitus futuri têmporis non pértinent ad iudítchium.) Tratados futuros não dizem respeito ao direito.
Transmissibile quod non est nec cessibile –
(Pronúncia: transmissíbile cuód non ést néc tchessíbile.) O que não é transmissível, não é cessível.
Tunc, hoc justitia est –
(Pronúncia: túnque, óque justícia ést.) Justiça, é isto então?
Turpe est causas oranti jus in quo versaretur ignorare –
(Pronúncia: túrpr ést cáusas orânti iús in cúo versarétur iguinorare.) Para quem defende causas, ignorar o direito pelo qual pleiteia é vergonhoso.
Turpis causa –
(Pronúncia: túrpis cáusa.) O mesmo que motivo torpe.
Tutores testamento dato satisdare non coguntur –
(Pronúncia: tutôres testamênto dáto sadisdáre non cogúntur.) Os tutores dados por testamento não são obrigados a prestar caução.
Tutor non rebus dumtaxat sed et moribus pupilli praeponitur –
(Pronúncia: tutôr non rébus dumtáchat sé et móribus pupílli prepônitur.)
TUtores testamento dato satisdare non coguntur –
Tutor personae, curator... O tutor deve zelar não só pelos bens como também pela educação do pupilo.
Tutor personae, curator certae rei datur –
(Pronúncia: tutór persône, curátur tchérte rêi dátur.) Dá-se tutor à pessoa; à coisa dá-se curador.